Jesus, o modelo a ser seguido

January 24, 2016

“Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (1Co 11.1).

 

 

É comum as pessoas imitarem seus “ídolos” terrenos. Na maneira de se vestir, no corte de cabelo, nas roupas que eles usam, e até mesmo no comportamento.

 

Porém, o apóstolo Paulo chama à igreja a responsabilidade de imitar a ele mesmo, porque ele era um imitador de Cristo. A implicação disso está no fato do cristianismo não ser uma religião de ouvintes, mas é uma religião prática que produz imitadores de Jesus. Isso corresponde a compreender Jesus como aquele que é o modelo a ser seguido, aquele que é o líder da caminhada, que é o Senhor.

 

Jesus é um modelo a ser seguido e não somente apreciado. Muitas pessoas são encantadas com Jesus sem segui-lo. Muitos admiram a pessoa de Jesus, porém não estão dispostas a seguir seus ensinamentos.  (Hb 12.2) diz o seguinte: “olhando firmemente para o autor e consumador da fé, Jesus”. Todos os dias temos que olhar para Ele. Ser como Ele é e fazer o que Ele fez. Paulo imitava ao Senhor Jesus Cristo.

 

Um discípulo de Cristo é alguém que o tem como modelo. Isso significa ser cristão. Em (Gn 17.1) está escrito: “...Eu sou o Deus todo-poderoso; anda na minha presença e sê perfeito”. Andar com Deus é muito mais do que pertencer a uma religião, é muito mais do que ser um santarrão, do que ser um Presbiteriano ou um Batista, mas é caminhar com o Senhor Jesus Cristo. O propósito de Deus é nos vincular a Cristo e nos tornar semelhantes a Ele. Isso está muito claro em (Rm 8.29) “Porquanto aos que antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes a imagem de seu Filho”.

 

Ninguém se torna um cristão simplesmente porque se declara um cristão, mas sim, porque se torna um imitador de Jesus.

 

Please reload

Posts Recentes

November 6, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

© 2015 por IPVN Web Development

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus
  • w-youtube